Quando tudo dá errado: Lidando com a sorte no Pokémon TCG

Por Andherson Silva

O que vou colocar neste texto é obvio para mim, e espero que para muitos também, mas ainda vejo muita gente, alguns com anos de experiência no jogo, terminar um torneio com 0-6 ou um resultado ruim qualquer e sair falando “o jogo é pura sorte” e situações até piores, onde o sujeito se frustra com o jogo porque perdeu mesmo com um deck bom. Neste pequeno artigo não quero mostrar estatísticas ou como montar um deck, mas sim como lidar com esse fator que influencia na sua “carreira”.

Quando tudo dá errado

Créditos para Acerto Crítico.

No Poker – sim, esse texto ainda é sobre Pokémon – há um termo chamado Bad Runs, que são aquelas partidas aonde você faz tudo certo e mesmo assim acaba perdendo. Jogadores profissionais tem que lidar com isso. NÃO SE PODE CONTROLAR ESSE FATOR, mas isso não faz, obviamente, que eles deixem de apostar um valor alto com uma mão boa porque a probabilidade de ganharem o pote é muito maior. Voltando pro Pokémon, posso dar um exemplo meu. No Nacional do ano passado joguei com um deck de Mew Prime/Terrakion NVI , não me julguem por isso, eu tinha apenas um Shaymin UL no deck e comecei pelo menos metade das partidas com ele, a probabilidade é muito menor do que eu começar com o Mew Prime, que tinha quatro no deck, mas aconteceu, foi uma bad run, somada de um bad deck também, diga-se de passagem.

O jogo não depende de mim então?

Recentemente tenho acompanhado os resultados do Kyle Sucevich (mais conhecido como Pooka). Ele terminou mais de um torneio seguido sem perder nenhuma partida com o mesmo deck, o que é incrível! Posso citar também o exemplo do César Lopes, campeão nacional do ano passado. Ele antes do nacional terminou bem em vários outros torneios também. Posso continuar citando vários nomes aqui de jogadores que sempre estão no mundial ou sempre no top cut de torneios importantes. Dito isso, fica claro que você não deve se assustar com o fator sorte, acredito que todos esses jogadores passaram por uma má fase, perderam por um donk, tiveram resultado ruim em um torneio, etc. Mas todo o histórico de vitorias deles mostra que há um fator que importa muito mais, que é o fator humano. Então se você quer manter bons resultados estude o jogo, suas jogadas, discuta idéias, isso tudo importa muito mais e vai reduzir probabilidade de uma derrota.

A sorte existe, mas não aumente as chances de se dar mal

O último ponto que quero mostrar de forma resumida, porque ocuparia mais de um artigo com certeza, é o fator deck, o fator mais importante. O jogo tem elementos que fazem depender da sorte, um exemplo é a moeda, que sempre vai ter 50% de chance de ter o resultado cara/coroa ao ser jogada . O jogador não pode depender de um resultado de 50% para ganhar, já que a probabilidade não é boa, então o que deve ser feito é reduzir ou eliminar esse risco. Posso exemplificar isso com o Ho-oh EX e sua interessante habilidade Rebirth, apesar de sua ability ser ótima ela depende da moeda, portanto é inviável você ter apenas Ho-oh EX uma no descarte e planejar uma jogada que depende dela no próximo turno, mas suas chances são maiores se você tiver duas ou mais no descarte. Nesse caso você deve estar sempre preparado pra tirar uma coroa e sempre ter uma alternativa pra isso. Isso é simples pra maioria de jogadores, mas muitos iniciantes sempre ignoram esse fator, então acho importante ter em mente que o deck deve manter uma consistência para que você em grande parte das vezes tenha tudo o que precisa na mão.

Aceitação

Tá, e agora? Bom, agora é aceitar que isso faz parte do jogo, MAS NÃO É TUDO. Pokémon é uma
combinação de sorte, jogador (habilidade no jogo) e um deck consistente, concentre-se nos dois últimos e esqueça o primeiro. Analise toda sua temporada e não apenas uma partida ou só um torneio, o importante é não se decepcionar ou se irritar com uma má fase, se divirta acima de tudo, faça tudo certo e o resultado vai vir durante sua jornada. Espero que tenha ajudado de alguma forma🙂

Abraços!

Andherson Silva

2 pensamentos sobre “Quando tudo dá errado: Lidando com a sorte no Pokémon TCG

  1. sou novato no tcg e só jogo online por falta de verba, mas em fim, esse lance de sorte influencia d+, mas infelizmente o jogo (pelo menos on line) os caras não sabem nem jogar, cheios de carta ex e mesmo assim não usam estrategia. e o pior de tudo é quando me vencem sem me atacar só usando efeitos de veneno, principalmente com uma arma do time plasma, usam isso o tempo todo, é ridículo isso, pra mim isso não é habilidade, é noobisse mesmo, se o jogo continuar assim, ai mesmo q não vou gastar o dinheiro q pouco tenho investindo em cards., mas em geral,eu venço sem cartas ex apenas com deck Pokémon de energia q é uma estrelinha, geralmente são do tipo normal, tem ataques bons e pedem pouca energia e o Bouffalant além de reduzir 20 de dano, causa o dobro de dano em Pokémon ex,.. pra me vencer só envenenando mesmo. desculpe se eu q sou noob de pensar assim,mas é assim q penso e ainda sou leigo em tcg ( jogo a quase 1 mes)

  2. Apesar de ser um jogador ‘Ho-oh boy’, uso só um no meu deck xD mas é como o Andherson disse, não depender só dele😉
    E agora com a vinda do Virizion EX, Genesect EX (ambos para bater com o Ho-oh *u*), Tropius, Sawk e silver bangles (para usar no meu deck), parece que meu deck está fluindo bem melhor.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s