Dante Calmon – TOP 16 no Nacional 2013

Saudações aos leitores do Battle City! Me apresentarei, visto que provavelmente pouquíssimos de vocês me conhecem. Me chamo Dante Calmon, sou de Vitória-ES e não tenho nenhum título ou colocação relevante. Comecei a jogar o jogo no começo desse ano, com um deck de Empoleon/Terrakion. Joguei 1 city e 1 BR extra, que foram os únicos torneios que tiveram em Vitória desde que comecei a jogar.

O deck

Pokemon:
4x Darkrai EX
3x Sableye DEX
1x Keldeo EX
1x Victini NVI

Trainer:
4x Juniper
4x N
4x Random Receiver
4x Dark Patch
4x Energy Switch
4x Pokemon Catcher
4x Hypnotoxic Laser
2x Virbank City Gym
3x Ultra Ball
2x Dark Claw
1x Max Potion
1x Dowsing Machine
1x Energy Search
1x Super Rod

Energia:
10x Darkness Energy
2x Fire Energy

Tentei focar ao máximo na consistência do Speed Darkrai, e botei tech contra Klinklang porque sabia que se eu caísse contra um seria autoloss. Num suíço de 30min, é praticamente impossível ganhar o jogo enrolando com os hammers, fora que eu percebi que atrasar o jogo de qualquer LMT com os hammers acabaria atrasando o meu jogo (preferência minha). Mas revendo a list eu tiraria 1 carta pra arrumar slot pra um Enhanced Hammer, se pudesse voltar atrás.

O torneio

Round 1 vs André Farias (Darkrai EX/Tornadus EX)

Quando vi que tinha caído contra esse cara, fiquei mais tranquilo. Na hora de embaralhar e cortar o deck ele tava tremendo horrores, o que me deixou mais tranquilo porque ele parecia estar mais nervoso que eu. Abri de Sableye e Darkrai e ele de Darkrai e Keldeo. Comecei a montar meu Darkrai do banco e no turno dele ele ligou uma DCE no Keldeo. Percebi que ele tava zicado e fui mais agressivo. Dei Juniper descartando N e mais algumas coisas pra terminar meu Darkrai e foi só bater.

1-0

Round 2 vs ?????? (Ho-oh EX/Garbodor/Landorus EX/???)

Essa match foi a mais estranha. Quando vi que ele só tinha 1 pokemon e que eu ia começar, e com o combo energia/Dark Claw/Virbank/Laser na mão, já fiquei achando que ia donkar. Quando ele flipa o Pokémon…TRUBBISH! Fiquei animado, mas fui ver que era o Trubbish de 70hp… Enfim, liguei o combo todo e fiz Juniper, deixei ele com 60 de dano e no turno dele não veio energia nem Supporter. O Trubbish dele morre na volta e ele promove um Landorus. Eu tinha N mas decidi guardar e desci um Keldeo com energia. Botei ele pra dormir e passei. No turno dele ele percebe que se ele passa sem descer pokemon ele perde, e usa as 2 cartas da mão dele descendo um Ho-oh com DCE. A partir daí foi só alegria, dei Energy Switch e energia pro Keldeo, Rush In e matei os dois pokemon dele pra levar a vitória.

2-0

Round 3 vs Mario Oliveira (Landorus EX/Mewtwo EX/Tornadus EX)

Antes do torneio eu falei com meu parceiro de Vitória Artur Mazzega que tava com muito medo do deck zicar e ele me falou: “Cara, o deck vai zicar em uma partida ou duas. Mas fica tranqüilo e joga que é normal.” Dito e feito. Abri com uma mão ridícula sem supporter, errei a moeda do laser, ele abriu de Tornadus/DCE quase me donkando, e não veio nada pra mim. Foi engraçado a gente torcendo um pro outro e sempre perguntando resultados. Gente fina o cara.

2-1

Round 4 vs Pedro Giovanetti (Blastoise/Keldeo EX/Black Kyurem EX)

Quando ele flipou o Black Kyurem e o Keldeo, já fiquei tranquilo porque sabia jogar essa match e sabia que era tranquilo se eu conseguisse descer as Dark Claw. O cara usava Black Kyurem, e eu não sabia ainda o poder dessa carta. Essa match pra mim foi aquela que a gente descobre que foi definida no turno 1, quando termina. No primeiro turno deixei um BK dele com 10 de dano com laser quando passei. No decorrer do game eu botei pressão o tempo todo, matei um Keldeo dele e botei 30 de dano no BK dele. Ele promove um Keldeo com 3 energias e 30 de dano e me bate 110. Nisso eu só tinha 1 Darkrai energizado e 1 com uma energia, matei o Keldeo e botei 30 no BK, ele me dá N pra 2 e mata meu Darkrai. Fiquei com 1 Darkrai em jogo com 1 energia e ele com um BK na frente com 70 de dano. Precisava de dark patch, energy switch, energia e laser ou dark claw. Dei juniper, veio tudo e ganhei. Depois disso ele me mostra as 7 cartas que viriam na juniper dele e eu vejo que perderia no próximo turno. Partida linda!

3-1

Round 5 vs Leonardo Gonçalves (Garbodor/Landorus EX/Mewtwo EX)

A partida mais difícil do dia. Comecei a montar meu jogo e quando ele desceu Trubish com Rescue Scarf no T1 já vi que algo ruim iria acontecer. No T2 ele tava com Garbodor montado, Landorus com 1 energia e 90 na frente, eu com um Sableye baleado e meu Darkrai todo ferrado no banco. Vi que não ia dar pra atacar no turno e dei catcher no Mewtwo dele pra tentar a sorte dele não ter DCE. Ele ligou uma energia lutadora no Mewtwo e passou. Montei um Darkrai e deixei outro com 1 energia no banco. O montado tinha 100 de dano, passei ele pra frente e ataquei 110 no mewtwo dele e 30 no do banco. Com isso era só ele ligar uma energia pra me matar e me deixar com 1 energia no campo. Ele liga uma energia lutadora e… dá Scramble Switch pro Landorus, Catcher no Darkrai com 1 energia e descarta tudo no Land’s Judgement. Ele ficou com 3 prêmios e eu com 6. Promovi meu Darkrai com 3 energias e 100 de dano, dei RR e tinha acabado os supporters do deck. Matei o Landorus dele e botei 30 no Mewtwo com 110, deixando com 140. Ele promoveu o Mewtwo, botou Giant Cape no do banco, ligou DCE e me matou, ficando com 1 prêmio. Promovi o Sableye e tentei a sorte. Dei N pra 1 nele e mandei minha Juniper pro deck, Catcher no Garbodor, e dei Junk Hunt pra montar outro Darkrai. Na mão dele não veio nem energia nem switch, bati 90 e 30 no Mewtwo com Giant Cape, deixando com 170. Ele botou o Mewtwo com 170 de dano na frente e me bateu. Dei Catcher no Mewtwo de trás, bati 90 e 30 e ganhei (Detalhe que ele não havia botado os 30 de dano anteriores, mesmo tendo botado todos os danos disse que eu que deveria ter botado. Malicias de nacional haha).

4-1

Voltamos pra casa porque com os atrasos, ficaram 3 rodadas e mais o top pro outro dia. Na volta estávamos todos animados porque eu e Artur parecíamos ter muita chance de ir pro top (Artur garantido) e os outros ainda teriam chance se ganhassem todas. Eu tava bem nervoso, apesar do 4-1, porque sabia que a partir dali só ia pegar nomes conhecidos.

Round 6 vs Caio Navarro (Sigilyph/Tornadus EX/Virizion/Victini)

Quando ele deu o primeiro muligan, eu vi 2 Giant Cape e falei descontraindo “Lá vem o sacão de lixo”. Ele só deu uma risadinha e percebeu que eu não conhecia o deck dele. O Caio ficou em segundo lugar na sênior ano passado, subiu de categoria agora e eu já sabia que ele jogava bem, rapaz gente fina. Ele abriu de Virizion dando Double draw e eu comecei a montar meu jogo. O jogo estava muito equilibrado, mas ele ainda não tinha conseguido descer Sigilyph. Em um certo momento ele deu Skyla e eu pensei que ele fosse pegar o último Laser pra ferrar meu jogo, mas ele pegou Switch. Eu ainda vacilei falando “Ta nos prizes né?” mas ele nem entendeu. Sorte minha. Ele deu um misplay e matou meu Darkrai deixando o Tornadus dele morrer pro veneno, eu subi um Darkrai energizado e bati até ganhar o jogo.

5-1

Round 7 vs Nancy Okuda (Landorus EX/Mewtwo EX/Tornadus EX)

Nessa partida quem zicou foi a Nancy. Eu abri de Laser e Virbank descartando energia pra montar Darkrai, Junk Hunt, uma maravilha. Pra ela não veio Supporter, energia e nem Switch. Daí já fui agressivo descartando 2 N numa Juniper, montando melhor o jogo e ganhei sem ela ao menos me bater. Partida chata… Mas acontece, fazer o que. Espero encontrá-la em outro torneio pra jogar uma partida melhor.

6-1

Round 8 vs Fábio Boscariol (Darkrai EX/Bouffalant)

Já tinha ouvido falar que ele jogava bem, que tinha chances de ganhar o nats, essas coisas. Mas como eu já tava 6-1 e com certeza ia pro top, joguei mais despreocupado (e ele também, que foi gente fina e conversou bastante). Durante os 3 primeiros turnos ficamos trocando de mão com N e montando Darkrais, e a partir daí a partida foi muito rápida na troca de prizes. Matei um, ele matou um. 4×4. Na hora de montar o segundo Darkrai, eu acabei cometendo um acidente e anunciando um ataque que mataria o Darkrai dele mas o meu só tinha 2 energias. Eu mostrei o energy switch da mão mas mesmo assim ele chamou o juiz. Por sorte ele só me deu um warning, ao invés de me fazer passar o turno. Embaralhou meus prêmios e puxei uma energia e uma Catcher. No turno do Bosca ele me botou pra dormir pra tentar a sorte e recuou o Darkrai dele pra dar Junk Hunt. Eu desci o Keldeo, liguei a energia do prêmio, Rush in/recuei, Catcher do prêmio no Darkrai baleado dele e gg.

7-1

Fomos almoçar (finalmente comida de verdade! a gente só tinha comido Mcdonalds e pizza na sexta e no sábado) e depois nosso informante Thales veio me dizer que eu pegaria o Pedro Giovanetti no top. Fiquei mais tranquilo porque sabia a lista dele toda, como ele jogava e já tinha ganhado dele.

TOP32 vs Pedro Giovanetti (Blastoise/Keldeo EX/Black Kyurem EX)

Quando entrei na sala do top, fiquei mais nervoso porque já tinha ouvido falar de 90% dos jogadores que estavam ali. Eu e Artur esperamos o headjudge dizer a mesa, e sentamos do lado da janela (a torcida agradece).

Primeira partida: não lembro exatamente, mas ele abriu com Squirtle, montou Blastoise no segundo turno e deu um Black Ballista no meu único Darkrai com energia e não consegui recuperar.

0-1

O cara ficou embaralhando o deck e eu tava tão nervoso que tava parecendo que tinha passado 3 horas do tempo. Pedi pra ele adiantar e ele falou que podia fazer isso, então fiquei quieto. Olhei pro lado e Artur tinha ganhado a primeira!

Segunda partida: a partida foi caça ao Squirtle. Ele abriu de Moltres e eu montei meu Darkrai e fiquei dando Catcher nos Squirtle dele até ganhar.

1-1

Terceira partida: Ele abriu de Keldeo e eu de Darkrai. Ele ligou uma energia e passou. Eu tinha N na mão mas segurei. Liguei energia no Darkrai e passei também. Ele ligou outra energia no Keldeo e passou. Daí percebi que se eu deixasse ele começar batendo eu ia me ferrar. Dei um N e ele me mostrou a mão: energias e Blastoise (os mlks lá fora quase tiveram um ataque do coração com esse N que eu dei, mas não tinha mais o que fazer). Não lembro exatamente o que aconteceu na partida, mas fui montando Darkrai e ele montando Keldeo e BK. No final do game dei um N e uma Dowsing Machine pra pegar um stadium e tirar a Tropical Beach dele, e uns turnos depois matei alguma coisa pra ganhar.

2-1

TOP16 vs Artur Mazzega (Speed Darkrai)

Foi só a decepção quando na hora do emparceiramento botaram a gente… Já sabia que se eu perdesse eu ia ficar feliz por ele e o contrário também, então fomos jogar como qualquer outro treino.

Primeira partida: mão sem Supporter, zica pura. Artur deu Random Receiver e junk Hunt até conseguir uma Juniper em vez de N, montou o game rapidinho e me ganhou.

0-1

Segunda partida: novamente mão sem Supporter nem nada, comecei batendo 10 de Sableye. De novo ele pegou Juniper em vez de N pra não me dar mão nova, montou o jogo e me bateu. Nessa partida até tive alguma chance porque consegui montar um Darkrai, mas quando ele soltou a segunda Max Potion me fodeu. Tinha esquecido que agora ele usava 2 (não que fosse fazer alguma diferença, foi só a surpresa).

0-2

Pro meu primeiro nats, pegar top 16 foi muito bom, fiquei satisfeito. Comecei a jogar faz pouco tempo e percebi que ficar marcando treino na Taberna Geek e trocando idéia com Artur sobre a decklist e o metagame ajudou pra caramba, fora o Marllon que ficava enchendo o saco falando meus misplays quando eu jogava com ele. Pena que o emparceiramento fez os dois únicos jogadores do top do ES se encontrarem no top16. Conheci algumas pessoas que eu já havia conversado na internet, outros conheci na hora, rapazeada muito gente fina, gostei de conhecê-los. No mais a viagem foi boa demais, divertido, rimos demais, conseguimos botar 2 jogadores de Vitória no top e mostrar que aqui também tem gente que joga Pokémon! haha

Espero encontrar vocês em outros torneios! Abraço e até mais!

Um pensamento sobre “Dante Calmon – TOP 16 no Nacional 2013

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s