BC Awards 2014 – Conheça os indicados!

battlecity_awards_logo

 

Olá galera, estou de volta para trazer os indicados ao Battlecity Awards 2014.

 

Antes de falar os indicados, gostaria de deixar claro que nós do Battlecity não temos condições de acompanhar todos os torneios e ligas por todo o Brasil. É perfeitamente capaz de existir ótimos players, decks incríveis, grandes lojistas e torneios bacana e bem organizado por ai que infelizmente nós não temos completamente noção de tal existência. Então desde já pedimos desculpas, pois temos em mente que injustiças poderão ocorrer e muitas informações relevantes que não ficamos sabendo ficaram de lado na hora do júri escolher os indicados para esse prêmio fantástico que todos os jogadores desejam obter.

 

As principais fontes de informação para a escolha dos candidatos foram:

 

–          Ranking oficial da Pokémon  TCG

–          Facebook da Comunidade Brasileira do Pokémon TCG

 

Como podem ver temos apenas duas fontes para nos basear. Então você jogador ou lojista que organiza/joga torneios premier, não importa onde seja, fica o recado para você divulgar o torneio para a comunidade! Mande informações do torneio, faça stream e divulgue os ganhadores/decks.

Enfim, vamos aos indicados aos prêmios:

 

 

Prêmio do Revelação do Ano

 

Wilton (RJ) :

Ele conquistou nada menos que um top 4 no Nacional e top8 em 2 Regionais, além de colecionar 680 CPs na temporada. Uau, uma temporada realmente foda!

Luiz Guilherme Shiny (SP):

Impressionou todos ao vencer o primeiro regional da temporada em São Paulo com 110 jogadores, com cinco campeões nacionais presente. Após o grande feito ainda conseguiu pegar alguns tops e garantiu a vaga para o Worlds 2014.

Paulo Gouveia de Freitas (SP):

E quem disse que a revelação do ano precisa ser jogador?  O nosso grande Paulete aposentou sua carreira de jogador para ser o juiz sensação da temporada.

 

Prêmio Hooh

 

Cesar Lopes (SP):

Depois do Mundial de 2012, pouco ouvimos falar dessa lenda. Em 2013 pouco apareceu nos torneios e no Nacional mesmo com Bye 2 não conseguiu avançar ao Top. Já em 2014 ele decidiu entrar de cabeça novamente no jogo e os resultados apareceram, foram diversos tops em Citys e Regionais até a belíssima caminhada ao Top4 do Nacional de 2014.

 

Fred (SC):

Esse ficou desaparecido a temporada inteira, jogou uns regionais aqui e ali e no fim das contas lá estava ele de novo fazendo mais um top em Nacional.

 

Cassiano Roger Mendes / Chuck (SP):

Diferentes dos outros dois candidatos, ele não ficou desaparecido dos torneios por opção, mas sim porque foi forçado a fazer isso. Depois de ter cumprido pena de 1 ano de BAN, desde fevereiro de 2013, o Chuck voltou na metade da temporada para fazer 5 tops seguidos em City/Regionais e garantir vaga para o Worlds de 2014.

 

Prêmio Pokédad

 

 Vinicius Anime Toys (SP):

O Vini é um Pokédad mais que completo. Fora das mesas ele tem uma loja de Card Game em Sorocaba, na qual realizou vários torneios premier, como League Challenge, City e Regional, e até torneios não oficiais com premiações valiosas, como Playstation 3 e PSP. Graças a loja e amor ao TCG, conseguiu criar sua própria comunidade de jogadores em Sorocaba, que conta atualmente com cerca de 15 jogadores ativamente competitivos. Dentro das mesas trabalha fortemente para apoiar seu filho Rafinha, que conta com mais de 1000 CPs no ranking mundial! Pra finalizar, ele participa de alguns torneios premier, e já até tirou onda quando conquistou um top8 em um city em São Paulo.

 

Ruimar (PR):

Outro Pokédad que merece muito respeito. Começou dando todo apoio ao seu filho Otávio para jogar Pokémon TCG competitivo, mas logo acabou tomando gosto pelo jogo decidiu fazer mais. Agora além de auxiliar seu filho, trabalha em seu projeto “Fair Play Pokémon”, que visa fomentar o TCG em sua cidade e fazer o jogo crescer, além de fazer um ótimo trabalho ao realizar Streams dos torneios premier em que está presente, entre eles o Nacional de 2014. Além disso é um membro ativo na comunidade e procura sempre tirar dúvida dos outros jogadores.

 

Renato Lauri (SP):

O Renatão é um Pokédad jogador. Começou como espectador, que apenas levava o filho Leozinho para jogar Pokémon. Os anos foram passando, o Léo já virou Master e o Renatão aprendeu a jogar Pokémon. Nessa temporada ele surpreendeu a todos quando obteve sua vaga para o Worlds 2014 antes da metade da temporada, um feito que apenas 5 jogadores conseguiram. Entre seus principais feitos estão o de campeão e vice campeão de Regional.

 

Mauro Wada (SP):

O Mauro é o pai do campeão mundial de 2011 Gustavo Wada e criador do “Team Wada”. Todo ano ele se dedica ao máximo para extrair o máximo de potencial de seus filhos e sua equipe, com treinos semanais, suporte em cartas, viagens para participar de torneios e etc. A equipe trabalha com um nível de profissionalismo pouco visto no Brasil, e os resultados são bastante aparentes. Seus filhos Gustavo e Gabi colecionam dezenas (talvez centenas) de troféus de Pokémon TCG.

 

Prêmio Ross Cawthon

 

Carlos Alberto Barros (SP): Deck –  Cachorrão.dec (Stoutland/Dusknoir/Virizion EX ou Victini EX)

Na época em que o Catcher ganhou a errata de jogar a moeda, os jogadores abandonaram os catchers e isso abriu portas para que um monte de ideias fossem criadas, a partir do momento em que seu banco fosse praticamente intocável (ainda tinha Red Signal e Dusknoir). A ideia mais incrível que apareceu foi a do Carlos, assim que os Citys começaram a rolar no Brasil. Stoutland era um Pokémon de coleção antiga e que ninguém enxergava potencial. Quando o Carlos chegou a final do primeiro City com esse deck, todo mundo ficou perplexo com o que viram, não entediam muito bem o que aconteciam, mas ao mesmo tempo enxergavam um enorme poder de fogo no deck. Os citys rolaram e Carlos conseguiu ao todo 2x Campeão, 1x Vice Campeao, além de alguns Top8 com o mesmo deck.

 

Alex Silva (PR):  Deck: pau-brasil.dec  (Trevenant/Raichu/Flareon/Leafeon/Terrakion)

Alex conseguiu inovar em um formato já consolidado e no torneio mais importante do país, o Nacional. Ele conquistou o vice campeonato perdendo apenas para sua pior partida, Yvetal/Darkrai, mas acabou deixando registrado a lembrança mais marcante para a maioria dos jogadores presente no torneio, que foi sua criatividade, habilidade e coragem em usar o seu deck pau-brasil. Após o torneio Alex divulgou seu deck para o mundo, que instantaneamente foi admirada e publicada nos principais sites de Pokémon do mundo, como Top Cut, Propokemon e Six Prizes.

 

Giorgio Locatelli (SC) Deck: Ho-oh/ Suicune/ Terrakion/ Tropius/Mewtwo

O Giorgio foi muito feliz em sua criação e faturou o título de campeão e outro de vice campeão de City, em um formato que era regado principalmente de Blastoise, Rayboar e Virizion/Genesect.

 

 

Prêmio Jason Klacyznski

 

Marcelo Magalhães (DF)

O Marcelo além de repetir a bela temporada que fez no ano passado, foi além tendo conquistado o título mais importante do Brasil, o Nacional. Além disso, fez bonito nos poucos campenatos que participou, segue as principais conquistas:

 

– Campeão Nacional 2014

– 2x Vice campeão Regional

– 1x Vice campeão City

 

Alex Silva (PR)

Alex é um jogador fora de série e nessa temporada não foi diferente. Ele se tornou junto com o Marcelo os dois únicos jogadores a fazerem duas finais de Nacional (o Marcelo foi consecutivo), e até onde eu sei, o único a vencer quatro City Championships seguidos no Brasil. Vamos ver suas principais conquistas:

 

– Vice campeão Nacional 2014

– 4x campeão City

– 1x Top 8 Regional

 

Raphael Branco (SP)

O Branco não foi campeão nacional e nem teve o deck mais criativo, mas teve o que os jogadores mais experientes de Pokémon TCG admira, que é a consistência. Desde o primeiro torneio da temporada até o último, era realmente raro não ver o nome “Raphael Branco” na lista do Top8. Diferente dos outros dois concorrentes, o Branco participou de muuuitos torneios e em 90% deles conseguiu chegar ao Top, o que prova mais ainda sua consistência. Devido a sua grande competência em manter o alto nível de jogo e se adaptar com maestria a todos os ambientes e formatos, por onde quer que fosse jogar, ele garante sua indicação aos 3 melhores jogadores do Brasil na temporada pelo BC Awards. Vejam seus principais resultados:

 

Em breve colocaremos os resultados.

 

Prêmio O player sensação dos nerds

Agora é você que escolhe, quem foi a sensação da temporada pra você?

 

 

Galera, semana que vem sai os campeões! Torça para seu player favorito, comente, deixe registrado sua opinião nos comentários, estaremos lendo tudo. Valeu!

19 pensamentos sobre “BC Awards 2014 – Conheça os indicados!

  1. Achei incrível esse ideia de celebração dos melhores do ano. Ainda mais que foi feito com seriedade, destacando os bons feitos dos jogadores / apoiadores durante a temporada. Por fim, ainda soube fazer uma descontração e dar uma chance ao público participar.

    Minha sugestão: fazer o BC Awards 2015 logo após o Nacional, no mesmo lugar. (Como forma de encerramento da temporada no Brasil).

  2. FIquei lisssslongeado com a indicação… massss quem me dera ser campeão e vice de Regional (fiquei em 3º em um, mas joguei de Plasma).
    Meus resultados foram em 3 semanas consecutivas, 3 City – 1 top 8, 1 vice e 1 campeão (vice e campeão com exatamente a mesma list). Mas era CITY não regional haha
    abraços

  3. Vi uns campeonatos de Perto e o chuck comprou as colocações em regionais!! Desta forma o melhor ho-oh fica na disputa na minha opinião entre o Fred que sempre surpreende nos nacionais e o Cesar que esta em primeiro do Rank Nacional!!

  4. curti a iniciativa..parabéns…apenas fiquei triste por Claudio Takeuti de fortaleza não tr sido indicado a categoria pokedad…ele não apoia e da suporte apenas ao seu filho como suporte ao cenário cearense do pokemon tcg…ensina os verdadeiros valores do pokémon tcg ao filho..jogar por diversão..não pela glória e vitória.

  5. Galera PARABÉNS pela iniciativa…. eu fico emocionado com isso…. mais faç o que faço por voces… sem voces o POKEMON não existiria ( e eu não ganhava dindin rsrs ) mais independente disso eu GANHEI varios amigos mesmo nessa temporada…. pessoas incriveis que aprendi a respeitar e ter m grande contato… O RAFINHA ficou em 2º no nacional desse ano… fez uma temporada linda… mais.. cabeça erguida e agora muito treino pro mundial…. e podem esperar 4 certezas para a proxima temporada 1º a temporada continnua… até começar o 1º regional teremos muitos torneios em Sorocaba e espero que os jogadores participem e não deixem morrer isso. 2º vamos tentar fazer mais torneios premier na proxima temporada com muitos premios para voces 3º o Seniors que se cuidem que o RAFINHA subiu de categoria hehehe 4º EU VOU JOGAR COMPETITIVAMENTE ANO QUE VEM então me aguardem kkkkkkkkkkkkkkkk…… valeu SEMEDO vc saba a consideração que tenho por voce….. tenho certeza que ganhei 1 grande amigo…. ABRAÇOS A TODOS.

  6. Parabéns!!! Sensacional a matéria, muito bem feita com sabedoria e critério pelas fontes disponíveis. Não sei se foi elaborada apenas pelo Semedo, se foi está explicada sua ausência entre os indicados pois é a única explicação (modéstia) pois foi com certeza um dos players mais regulares e consistentes da temporada, como sugestão deixo a possível celebração do BC 2015 um dia após o Nacional pois se for feito na mesma data, 01/05 é uma sexta-feira e se fosse feito na sexta e sábado o nacional, poderíamos fazer no domingo o BC Awards com uma grande festa!!! Abraços a todos

    • Renatão sua ideia é perfeita!!! Pode ter certeza que vamos trabalhar pra fazer exatamente as suas sugestões!

      Se o nats de 2015 for igual ao de 2014, com o domingo praticamente livre, vamos fazer a celebração ao vivo para todos!

  7. Revelação: Shiny
    Ho-oh: César
    Poké Dad: Todos 4 são muito bons, mas o Renato Lauri foi espetacular nessa temporada
    Ross Cawthon: Magicarlos e o cachorrão
    Jason Klacyznski: Eu votaria no Semedo, mas como ele não está, voto no Marcelo

  8. Gostaria de manifestar meus votos para o revelação (Shiny) Pokedad (Vini toys) Hooh (César) Ross (alex) e Klacyznki (Marcelo). Todos foram realmente incríveis e merecem esse destaque, mas fica aqui minha torcida para esses nomes

  9. Infelizmente eu não tenho tido tempo para voltar a jogar, mas acompanho alguns sites e as vezes assisto partidas no youtube além de uma vez e outra procurar cartas nos grupos do Facebook.

    Gostaria de parabenizar o Marcelo Magalhães… não é para qualquer um chegar dois anos seguidos na final de um campeonato Nacional, sem dúvidas no momento ele é um dos melhores do País.

    Não entendo muito bem o nome deste premio Ross, talvez deve-se chamar premio inovação pelo que eu vi nos indicados… eu acho que esse Carlos / Magicarlos deve ganhar, uma vez vendo um canal de partidas no youtube no começo do ano vi ele com um deck muito bacana que deixo o campeão brasileiro do ano passado sem ação nenhuma que estava jogando de plasma, olhem o video:

    • Concordo Bruno! O que o Marcelo fez é realmente uma façanha… duas finais de nacional seguida! E pra piorar o FDP começou a jogar em meados de 2011! É muito impressionante

      E o Magicarlos também surpreendeu geral… o deck é até hoje inexplicável hahaha… AH, e boatos que ele está testando várias versões de Stoutland pro mundial!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s